IVGEOFRONTEIRA – Seminário Internacional dos Espaços de Fronteira

12/05/2017 13:29

 

O evento Seminário Internacional dos Espaços de Fronteira (Geofronteira) surgiu como iniciativa, organização e realização do curso de Geografia e do Programa de Pós-Graduação em Geografia da Universidade Estadual do Oeste do Paraná – UNIOESTE –, Campus de Marechal Cândido Rondon. Com a preocupação e o interesse na agregação e encontro de pesquisadores, professores, artistas e ativistas sobre as questões que perpassam relações de/nas fronteiras brasileiras, o I Seminário Internacional dos Espaços de Fronteira: Espaços de Fronteira – Território e Ambiente foi realizado no período de 14 a 17 de setembro de 2011, em Marechal Cândido Rondon, oeste paranaense, e estreitamente em contato (de aproximação e de distanciamento) com a fronteira com o Paraguai (o I Geofronteira ocorreu concomitantemente ao III Seminário Regional Sobre Território, Fronteira e Cultura e a VII Expedição Geográfica da Unioeste). O seminário, que contou com a participação de 300 pessoas do Brasil, Argentina e Paraguai, sobretudo, ensejou a formação do grupo denominado “Iniciativa Geofronteiras”, agregando, naquele momento, pesquisadores e professores brasileiros e argentinos (Programas de Pós-Graduação em Geografia, em Ciências Sociais e em Sociedade, Cultura e Fronteiras [UNIOESTE], em Geografia e em Sociologia (Universidade Federal da Grande Dourados – UFGD – Dourados – Mato Grosso do Sul) e em Antropologia (Univesidade Nacional de Missiones – UNaM – Posadas – Argentina).

De encontros, reuniões e articulações do grupo Iniciativa Geofronteiras, foi construído do II Seminário Internacional dos Espaços de Fronteira: Diferencias e Interconexiones (II Geofronteira), realizado nos dias 23, 24 e 25 de setembro de 2013 em Posadas (Argentina), na UNaM. Com participação também de trezentas pessoas, o evento ampliou seu raio abrangência, com mais participantes das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do Brasil, centro-norte da Argentina e centro-sul do Paraguai. Com 155 trabalhos apresentados, o evento passa a se consolidar como espaço de encontro de participantes com pesquisas e diálogos sobre as fronteiras entre, em especial, Argentina, Paraguai e Brasil.

O evento Seminário Internacional dos Espaços de Fronteira (Geofronteira) surgiu como iniciativa, organização e realização do curso de Geografia e do Programa de Pós-Graduação em Geografia da Universidade Estadual do Oeste do Paraná – UNIOESTE –, Campus de Marechal Cândido Rondon. Com a preocupação e o interesse na agregação e encontro de pesquisadores, professores, artistas e ativistas sobre as questões que perpassam relações de/nas fronteiras brasileiras, o I Seminário Internacional dos Espaços de Fronteira: Espaços de Fronteira – Território e Ambiente foi realizado no período de 14 a 17 de setembro de 2011, em Marechal Cândido Rondon, oeste paranaense, e estreitamente em contato (de aproximação e de distanciamento) com a fronteira com o Paraguai (o I Geofronteira ocorreu concomitantemente ao III Seminário Regional Sobre Território, Fronteira e Cultura e a VII Expedição Geográfica da Unioeste). O seminário, que contou com a participação de 300 pessoas do Brasil, Argentina e Paraguai, sobretudo, ensejou a formação do grupo denominado “Iniciativa Geofronteiras”, agregando, naquele momento, pesquisadores e professores brasileiros e argentinos (Programas de Pós-Graduação em Geografia, em Ciências Sociais e em Sociedade, Cultura e Fronteiras [UNIOESTE], em Geografia e em Sociologia (Universidade Federal da Grande Dourados – UFGD – Dourados – Mato Grosso do Sul) e em Antropologia (Univesidade Nacional de Missiones – UNaM – Posadas – Argentina).

De encontros, reuniões e articulações do grupo Iniciativa Geofronteiras, foi construído do II Seminário Internacional dos Espaços de Fronteira: Diferencias e Interconexiones (II Geofronteira), realizado nos dias 23, 24 e 25 de setembro de 2013 em Posadas (Argentina), na UNaM. Com participação também de trezentas pessoas, o evento ampliou seu raio abrangência, com mais participantes das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do Brasil, centro-norte da Argentina e centro-sul do Paraguai. Com 155 trabalhos apresentados, o evento passa a se consolidar como espaço de encontro de participantes com pesquisas e diálogos sobre as fronteiras entre, em especial, Argentina, Paraguai e Brasil.

Maiores informações no site: http://www.geofronteiras.com/